5 livros para se ler no The Valentine's Day

14:39


Ah, L'amour rsrs... Hoje é dia para celebrar todos os tipos de amor, pois 14 de fevereiro em muitos lugares do mundo é comemorado o The Valentine's Day ou Dia de São Valentim, como você preferir. Tudo bem, para nós brasileiros o dia mais específico é 12 de junho, um dia antes do Dia de Santo Antônio, mas o que tem demais ter um dia a mais no ano para celebrar o amor?

Acho que eu não sou uma pessoa romântica, mas também não se engane ao pensar que por causa disso eu não sou capaz de suspirar ao ouvir/ler uma boa história de amor. Assim, sem muita experiência no ramo, inclusive o literário, selecionei hoje 5 histórias com uma pegada romântica, seja para rir ou chorar, que acharia uma delícia ler nesse domingo

Autor francês mais lido em todo o mundo, Marc Levy deve em muito o sucesso de suas vendas e críticas positivas a E se fosse verdade..., livro que marcou sua estreia literária. O romance nasceu da ideia de Levy, à época um empresário de sucesso, escrever uma história para seu filho, para que ele a lesse quando chegasse à idade adulta.
Lauren é uma jovem médica com muito potencial: faz residência no San Francisco Memorial Hospital, na Califórnia. Porém, sua carreira promissora é interrompida quando ela é vítima de um grave acidente de carro e fica em estado de coma. Com morte cerebral confirmada, ela acorda e descobre que está fora de seu corpo – incomunicável como um fantasma. De forma misteriosa, Lauren consegue ser vista apenas pelo solitário Arthur, o novo inquilino de seu apartamento. Cético, ele leva algum tempo para acreditar na história da invasora, mas logo o sentimento entre os dois se torna algo a mais. Sem esperanças, os médicos e a família da jovem decidem fazer a eutanásia. Agora, o casal terá que lutar para salvar o corpo de Lauren, e descobrir alguma forma de reuni-lo com sua consciência.
Grande sucesso de vendas, a inusitada história de amor foi publicada originalmente em 1999. Seus direitos para o cinema foram comprados por Steven Spielberg e a adaptação homônima, estrelada por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo, lançada em 2005, foi também sucesso de público e crítica.

Vai lá amiga(o) pegue a sua pipoca e fique daquele lado mais confortável da sua cama ou do seu sofá. História perfeita para uma overdose livro+filme, a adaptação já passou um número considerável de vezes na TV, mas é tão doce e engraçadinho que vale a pena rever. Segundo as resenhas do skoob o filme é um tanto diferente do livro, então acho que dá para fazer as duas coisas (ver e ler) em um dia só sem correr o risco de enjoar.

Considerada a “Nicholas Sparks de saia” pelos fãs, por suas histórias românticas voltadas especialmente para o público jovem adulto, a paulista Chris Melo estreia na Rocco, pelo selo Fábrica231, com Sob a luz dos seus olhos. A trama conta a história de Elisa, que embarca para a Inglaterra decidida a começar sua vida adulta, levando na bagagem seus planos e sonhos para o futuro; e Paul, um artista tentando se encontrar e que vive intensamente cada momento. O que poderia ser apenas um encontro casual entre dois jovens tentando achar o seu lugar no mundo se transforma, pelas mãos de Chris Melo, numa profunda jornada de autoconhecimento, superação, perdão e recomeços protagonizada por duas pessoas comuns que experimentam o poder extraordinário do amor. Um presente para quem já é e para quem vai se tornar fã de Chris Melo.

Se agarra na caixinha de lenços, pois se você tiver um pingo de sentimentos esse livro vai ser capaz de te fazer chorar ou ao menos suspirar. A nova edição do livro escrito por Chris Melo tem tudo para estar tão linda quanto a sua história.

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

Não me pergunte o motivo, mas, em razão de alguma força misteriosa da natureza e do destino, ainda não li os livros da Carina Rissi. Mas, um dia vou ler, quem sabe eu ainda consiga antes da estreia do filme! O caso é, coloquei na listinha por motivos de romance, viagem no tempo, uma mocinha literalmente a frente do seu tempo e um mocinho para nos fazer suspirar.

O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples

Acho que sobre esse eu tenho um pouco mais de confiança para falar, pois conferi as duas experiências (filme + livro) e adorei ambas. Claro, cada um com a sua particularidade, mas sem deixar a essência da história de lado. Esse aqui é para fazer o coração suspirar e doer ao mesmo tempo, com tanto encontro e desencontro do casal principal. O livro é um romance epistolar (cheio de cartas, e-mails, bilhetes...) deixando asas para a nossa imaginação, já o livro nos transporta diretamente para vida dos protagonistas e faz com o sofrimento dure cerca de 1h40min rsrs...

A Segunda Guerra Mundial ainda não havia alcançado a cidade de Leningrado, onde as duas irmãs Tatiana e Dasha Metanova viviam, dividindo um pequeno cômodo com seu irmão, seus pais e avós.
Tudo muda quando as tropas de Hitler atacam a União Soviética e ameaçam invadir a grande, mas decadente, cidade. Fome, desespero e medo tomam conta de Leningrado, durante o terrível inverno no qual a cidade foi submetida ao cerco alemão.
No entanto, a luz do amor é sempre capaz de iluminar a mais profunda escuridão. Tatiana conhece Alexander, um jovem e corajoso oficial do Exército Vermelho. O rapaz, forte, confiante e guardando um passado misterioso e problemático, e sente-se atraído por Tatiana — e ela por ele.
O amor impossível de Tatiana e Alexander ameaça agora dividir a família Metanova. E que segredo é esse que se esconde no passado do soldado, tão devastador quanto a própria guerra?

Chega mais, esse é o último que vai lhe arrancar lágrimas - isso que eu havia prometido um pouco de risadas, talvez eu tenha falhado um pouco. A mistura perfeita para um romance daqueles bom, é quando ele se torna praticamente um desafio a ser conquistado, e quando um amor cresce durante os tempos de guerra, então... Você sabe.

Bom, queridos leitores, além de reservarem uma caixinha de lenços caso for preciso, aconselho se abracem em quem vocês amam (namorado/a, mãe, pai, amigo/a, cachorro, gato, etc) e aproveitem o dia seja vendo um filme ou lendo um livro. O que importa é aproveitar nem que seja vendo um filme de zumbis. Hei, a nova temporada do The Walking Dead estreia hoje na fox, não é mesmo?! Rsrs... Então, me diga: como vai ser o seu dia hoje?

Confira o blog em outras redes sociais:
Instagram /// Twitter /// Facebook /// Bloglovin /// Goodreads /// Skoob


You Might Also Like

20 comentários

  1. Eu li terminei hoje prometo falhar que é um livro de crônicas românticas então curti bem o dia dos namorados hsausu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs... No final acabei olhando alguns filmes água com açúcar no Netflix :D

      Excluir
  2. Olá :)
    Amei as dicas, estou louca para ler O Cavaleiro de Bronze!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. E se fosse verdade eu vi o filme há muitos anos, e por esse motivo gostaria de conhecer a obra escrita :D
    Quanto aos demais livros, não me animei pra leitura de nenhum... =/
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o filme, acabo sempre olhando as reprizes na TV

      Excluir
  4. Oi! Tudo bem?!

    Eu me acho romântica até certo ponto, rsrs. Nunca li nenhuma das obras indicadas e confesso que não sou muito fã desses gêneros. Quanto a TWD, parei de assistir. Achei que ficou muuuuuito chatinho e hollywoodiano :( E meu dia foi normal... Só comemoro o dia dos namorado em junho! rsrs

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs... Eu gosto de ler esses livros entre um livrão e outros, para dar um refresco a minha mente. Tenho acompanhado TWD com meu pai, então, meio que virou um programa de família rsrs...
      Quanto ao dia dos namorados o que importa é comemorar XD

      Excluir
  5. Oie
    necessito ler Simplesmente acontece pois amo o filme, Sob a luz dos seus olhos para cer uma leitura maravilhoso, E se fosse verdade eu sou louca para ler já faz um tempo haha ótimas dicas

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, eu adoro fazer esses tipos de postagem. Adoro o filme Simplesmente Acontece, mas confesso que o livro foi é um pouco mais "doloroso" que a sua adaptação.

      Excluir
  6. Acredita que não li nenhum desses até o momento?
    Mas tenho muuuita vontade de ler "Perdida" :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. XD Bom, essa é quase uma wishlist para mim rsrs... Tenho certeza que adoraria a leitura de todos. Preciso ler Perdida também, se for possível quero antes do filme >.<

      Excluir
  7. Oiii, infelizmente ainda não li nenhum destes livros. Mas, acho que é uma ótima lista para leituras <3 vou anotar certinho.
    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Olá, o livro "Simplesmente Acontece" me encantou muito, a história é linda e realmente combina com a data comemorativa! Parabéns pelo blog
    http://entrelinhaseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Marina. E Se Fosse Verdade e Perdida são ótimos livros, realmente super recomendados para esta época. Quero muito ler Simplesmente Acontece, mas vou acabar vendo o filme primeiro, haha. Ótimas dicas!

    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  10. Conheço os dois primeiros e olha, são lindos! Aliás, "E Se Fosse Verdade" conta com uma adaptação mais bonita ainda. Amei as dicas e o gif só valoriza o post. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  11. Como você ainda não leu Perdida? Leia logo, tenho certeza que você vai amar. Além de ser uma leitura super rápida, é uma história muito bonita.

    ResponderExcluir
  12. Esse é um dos dias mais lindos que eu conheço, mas raramente comemoro, apesar de lembrar e pensar que um dia vou comemorar com alguém. kkk Os livros são muito bons, sou apaixonada por romances.

    Bjs
    Te convido a me visitar, também! ♥
    • Sentido Literário •

    ResponderExcluir
  13. Amo romances, já assisti o filme de Simplesmente Acontece e já amei, se eu ler o livro então vou me apaixonar!!!

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Nossa, não sabia que E se fosse verdade tinha um livro!
    Acho o filme lindo!!!
    Também me interessei por "Simplesmente Acontece", me identifiquei bastante com a historia.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir